Carro Zero e Seminovo. Saiba qual é a melhor aquisição.

Ter um carro, seja ele zero ou usado, é o maior dos desejos dos brasileiros. Pelo menos é o que diz a pesquisa realizada pela Boa Vista Serviços , a maior administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) no país.

Mas afinal, qual aquisição é mais vantajosa? A do carro zero ou seminovo?

Alguns fatores devem ser levados em conta no momento desta aquisição.

Os carros seminovos obviamente são mais baratos. Isto acontece devido a depreciação do preço do carro zero logo assim que ele sai da concessionária. Os carros zeros desvalorizam entre 10% e 25% logo em seu primeiro ano de uso. Mas saber qual seria mais vantajoso ainda precisamos levar em conta alguns outros fatores. Qual o perfil do comprador do automóvel?

Caso você queira um carro mais sofisticado, ou com motor a diesel (mais caros quando 0km), mas não tem muito dinheiro em caixa, os seminovos são uma boa opção. Mas fique atento a sua aquisição, e verifique se o automóvel não lhe trará constantes despesas com manutenção.

Caso você tenha dinheiro em caixa, e quer ter a tranquilidade de ter um carro com garantia, o que ajuda até na negociação do valor do seguro, e deseja ter este carro por pelo menos 2 ou 3 anos, opte pelo carro zero. Após o primeiro ano de uso, o valor de depreciação do carro cai bastante, e você poderá aproveitar por mais tempo o seu carro, se preocupando menos com a sua desvalorização.

Pondere seus interesses, a sua atual situação financeira, e faça a melhor escolha.



Você precisa de ajuda para regularizar o documento de seu veículo? Recebeu uma notificação de infração de trânsito (multa) e e deseja recorrer? Então você precisa de um Despachante Online. Conheça nossos serviços. Saiba mais.
Este site divulga conteúdos baseados em informações do Detran de seus respectivos Estados, e facilitando a vida do cidadão com informações sobre Multas, IPVA, CNH, Agendamentos, além de dicas sobre o trânsito e concursos públicos promovidos pelo órgão.
Dessa maneira, estamos à disposição do cidadão brasileiro para oferecer informações, e que esta se reverta em facilidades.