Informações sobre a película automotiva


A película automotiva, também chamada de Insulfilm, tem muitas funções, como dar privacidade e proteger o interior do veículo contra a luminosidade, calor, estouros e violência.


Existem películas automotivas de diversos tipos, porém, nem todas são permitidas pelo Detran. As películas possuem fator, qualidade e preços diferentes, sendo o maior fator de proteção existente, atualmente, o de 1.700. Entretanto, as películas muito escuras podem prejudicar a visibilidade do condutor e acabar causando acidentes. Por isso, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) tem algumas regras definidas sobre os graus de luminosidade dos vidros automotivos.

De acordo com as normas do Contran, o grau de luminosidade permitido em cada vidro é de 75% no para-brisa; 70% nos vidros dianteiros laterais; e 28% no vidro traseiro. Já os automóveis que possuem vidros na cor verde, azul ou fumê, a visibilidade do para-brisa deve ser de, no mínimo, 70%. Os agentes de trânsito conseguem verificar se o insulfilm está de acordo com as leis vigentes quando há uma chancela gravada na película, a qual comprova os níveis de transmissão luminosa.

As principais películas automotivas existentes no mercado são a Fumê, a Antivandalismo e a Espelhada. Os donos de veículos que possuem a película inadequada em seu carro estão cometendo uma infração grave, a qual resulta em 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação e em uma multa de R$ 195,23, além do veículo ficar retido até sua regularização.