Mais de 143 mil unidades do Ford Ka são convocadas para Recall


A Ford convocou para recall mais de 143 mil carros do modelo Ka, o reparo deve ser feito por causa de uma falha na instalação do chicote de monitoramento da bateria que faz com que o veículo tenha o risco de pegar fogo.


No início de julho, a Ford divulgou o recall de 143.514 unidades da família de carros Ka, hatch e sedã, dos anos e modelos 2018 e 2019. Este recall deve acontecer por causa de um risco de incêndio no compartimento do motor. Todas as unidades do Ford Ka fabricadas entre 11 de junho de 2018 e 15 de maio de 2019 devem passar pelo recall, ou seja, todos os Ka vendidos desde que o veículo foi reestilizado.

Estes carros estão com uma falha no chicote do sistema de monitoramento da bateria e, segundo o fabricante, o processo de instalação deve ter sido realizado de forma incorreta, deixando o chicote preso entre a bateria e o suporte. Desta forma, existe o risco do equipamento ser esmagado e danificado, gerando um curto circuito que pode causar um incêndio no compartimento do motor do carro, acarretando danos físicos às pessoas.

No dia 22 de julho de 2019 terá início o atendimento nas concessionárias para este recall, sendo que o tempo estimado para o serviço, onde será trocado o chicote do veículo, é de 20 minutos. Quem necessitar de mais informações pode ligar para o número 0800 703 3673 ou acessar o site oficial da Ford.