Quando usar a buzina do automóvel?

Um item automotivo muito importante é a buzina, pois ela oferece segurança aos ocupantes do automóvel e aos pedestres, porém, a buzina deve ser utilizada com muita responsabilidade, já que usá-la de forma exagerada pode ser considerada infração.


A buzina é um item que proporciona segurança, já que pode diminuir as condições e a lentidão das vias, além de evitar acidentes. Seu som deve ser claro, alto e de qualidade para, assim, conseguir chamar atenção com rapidez e eficiência nas situações de perigo no trânsito. Utilizar a buzina de forma exagerada e sem necessidade pode acarretar em infração para o dono do automóvel, segundo o Código de Trânsito Brasileiro.

Conforme definido no artigo 41 a buzina só deve ser utilizada com toque breve e nas condições descritas a seguir: para advertir pessoas, evitando acidentes, e longe de áreas urbanas para advertir um condutor, com o objetivo de ultrapassá-lo. Já o artigo 227 define as atitudes que podem resultar em multas, como: buzinar de forma exagerada como advertência ao pedestre ou outro veículo; buzinar de forma prolongada e muitas vezes; buzinar entre as 22 horas e as 6 horas; buzinar em locais e horários proibidos por sinalizações e se a buzina estiver em desacordo com os padrões e frequências do CONTRAN. De acordo com as leis brasileiras, os veículos que foram fabricados antes do ano de 2002 tem o limite permitido de 104 decibéis e os fabricados após 2002 podem ter até 93 decibéis. O intuito destes limites é diminuir e evitar a poluição sonora das áreas urbanas.


Você precisa de ajuda para regularizar o documento de seu veículo? Recebeu uma notificação de infração de trânsito (multa) e e deseja recorrer? Então você precisa de um Despachante Online. Conheça nossos serviços. Saiba mais.

Este site divulga conteúdos baseados em informações do Detran de seus respectivos Estados, e facilitando a vida do cidadão com informações sobre Multas, IPVA, CNH, Agendamentos, além de dicas sobre o trânsito e concursos públicos promovidos pelo órgão.

Dessa maneira, estamos à disposição do cidadão brasileiro para oferecer informações, e que esta se reverta em facilidades.